Tags

, , , ,

Assim que cheguei, me livrei da minha bolsa e fui ao banheiro, precisava de uma ducha, adoro a sensação da água batendo no corpo, desligo do mundo ao tomar banho, me relaxa. Ainda estava ajeitando as coisas quando vi que havia esquecido a toalha, foi só me virar que lá estava ele com uma toalha na mão. Entrou no banheiro, fechou a porta, colocou a toalha na pia, e envolveu minha cintura me puxando para ele.

O beijo aumentava de intensidade a cada segundo, e ele me guiava para contra a parede, parou, colocou a mão por debaixo da minha blusa e abriu um decote grande o bastante para ele brincar com meu corpo, e me mordeu, me arrepiando inteira.

Como se estivesse manuseando uma butterfly, me virou contra a parede, eu sentia o frio do azulejo nos meus seios, e seu hálito quente em meu pescoço, junto com o suave e firme toque das suas mãos pelo meu corpo.

Com minha calça já abaixada, e minha cabeça pressionada contra parede por uma das suas mãos, que segurava bem firme meu cabelo, começou a passar a mão ainda por cima da calcinha, colocou ela pro lado, e brincava comigo com seus dedos. Parou, tirou de sua calça seu pênis, e começou a passa-lo em toda extensão, finalizando com um encaixe na minha bunda, que eu empinava a partir dos seus movimentos. Quando foi me morder o pescoço, aproveitei pra tirar a calcinha, ele notou e voltou a pincelar seu pênis em mim, cada vez mais lento e com maior atrito, esse controle sobre mim o divertia, e então decidiu parar de judiar de mim.

Puxando meu cabelo, me fez inclinar mais, e então entrou em mim. As estocas eram compassadas com sua respiração rápida e forte, logo os gemidos vieram, e cada vez mais altos saiam, meu corpo respondia ao dele entre tremores, e como num susto ele saiu de mim, me fez inclinar mais, só fui entender o porquê daquilo quando senti um liquido quente na curva das minhas costas que escorria para entre minha bunda.

Depois de olhar para aquilo, ele me beijou e desejou um bom banho, ao fechar de novo a porta atrás de si, uma brisa fria entrou no banheiro, me arrepiando pelo contraste entre frio e calor.

Depois disso, fui para o banho, que já tinha perdido o objetivo de me relaxar, mas ganhou outro…

Anúncios